• Estamos a migrar e actualizar os conteúdos do Portal Verbo Jurídico para uma plataforma de conteúdos, mais dinâmica, intuitiva, incluindo novas classificações e secções.







  • O projecto visa a criação de um acervo completamente remodelado de jurisprudência, doutrina, legislação, teses, elementos informativos e interactivos com o utilizador.
    Agradecemos a sua colaboração!

  • Conteúdos anteriores?
    A anterior plataforma continua acessível e irá sendo paulatinamente substituída pela presente gestão de conteúdos.
    No entanto, a substituição total prevê-se demorada, atento o elevado número documentos (mais de 44.000) em conversão e actualização.

    Prima nesta ligação para aceder aos conteúdos anteriores. 

  • Receba as atualizações do Verbo Jurídico na sua página do Facebook:

Início Doutrina Direito Comparado Direito de retenção quando credor e proprietário são diferentes

Direito de retenção quando credor e proprietário são diferentes

Autoria: Algomiro Carvalho Júnior, Advogado   

pdfO direito de retenção nos casos em que credor e proprietário da coisa são pessoas diferentes
Autor: Dr. Algomiro Carvalho Júnior, Advogado
Sumário: O presente trabalho tem por objetivo fazer a análise da aplicação do direito de retenção em caso singular. O título já nos exemplifica este caso, ou seja, quando credor e proprietário da coisa são pessoas diferentes entre si. Geralmente, o credor do recebimento da coisa que se encontra retida é também seu dono, porém, há casos em que haverá a diferença dessas pessoas, não sendo, o credor, aquele que entregou a coisa, o real proprietário da mesma. Podemos, ainda, vislumbrar uma rápida diferenciação do instituto entre os direitos português e brasileiro.

 
Joomla template by ByJoomla.com